Nova colaboradora + Resenha de "Anna e o Beijo Francês" - Stephanie Perkins.

29.12.12

Foto tirada por: Melina Souza
Oii queridos! Hoje é um dia muito especial para mim, porque eu sou a nova colaboradora do Doce Blueberry! Estou muito feliz de poder contribuir com posts nesse blog lindo.

Bom, estou aproveitando bastante esse clima maravilhoso de férias para escrever mais (promessa de 2013) e também vendo muitos filmes, animes, seriados, ouvindo muita música e... lendo livros. Acabei de terminar "Anna e o Beijo Francês" de Stephanie Perkins. A capa já me chamou bastante atenção logo que eu a vi (Paris, quem não ama?). Mas sinceramente antes de ler o livro eu tive uma opinião super equivocada de ser um romance meio bobo, só de passar o tempo. Se tem uma dica que eu posso dar é: esqueça todas as impressões que o livro te dá antes de abri-lo, e boa leitura.

Foto tirada por: Giovanna Lacerda

O livro conta a história de Anna Oliphant. Ela fica insatisfeita porque descobre de uma hora para outra que deverá ir para um internato em Paris (uh la la!) e deixar sua vida em Atlanta para trás. Ou seja: sua melhor amiga, o seu emprego e também -Toph- um menino que ela está super afim, bem no momento em que ela estava finalmente conseguindo conquistá-lo. E tudo isso porque seu pai, um famoso autor de best-sellers trágicos, pensa que vai ser bom para ela. No inicio ela fica bem insegura dentro daquela nova vida. Mas rapidamente faz amigos que a ajudam a se sentir em casa: Meredith (sua vizinha de quarto) Rashimi Josh e Étienne St.Clair, um garoto bem popular na escola. Ele é divertido, educado, inteligente, típico inglês (e Anna o acha atraente). St. Clair está comprometido com uma garota chamada Ellie, e Meredith está afim dele também. O que é motivo para ela se afastar.

Só que ao longo da história Anna acaba se tornando a melhor amiga de St.Clair. Ela vai descobrindo a cidade, vai amadurecendo e lidando com sentimentos bem confusos. Ela realmente gosta de St. Clair ou será que ela ainda tem uma chance com Toph quando voltar para Atlanta?

No final ela acaba descobrindo o quanto ir para Paris foi bom para ela, e percebeu que lá naquele internato era exatamente onde precisava estar. O livro tem personagens bem carismáticos. Só não gostei nada da Anna... ela simplesmente não enxerga o que está bem na frente dela e acaba estragando alguns momentos.

É um livro que não dá vontade de parar. Além de tudo isso tem bastante de Paris e seus costumes- o que eu achei perfeito. A história nesse cenário fica ainda mais bonita. E acompanhar a evolução de Anna com St. Clair torna-se impossível não torcer para que tudo dê certo entre eles.

Só tem uma coisa que eu realmente não gostei. A edição brasileira deixa muito a desejar na tradução e revisão. Mas ainda assim eu amei, ótima leitura para as férias. RECOMENDADÍSSIMO! :)

Então é isso pessoal, até um próximo post...
Beijos da Cora






2 comentários:

  1. Já li esse livro e amei :} A história é um amor. A edição brasileira deixa tanto à desejar assim na tradução? Não imaginava (apesar de ter lido a brasileira, não notei nisso)Boa resenha, gostei!

    Beijos,
    Aura - http://chadas-seis.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. sou louca pra ler esse livro! Também amo Paris, tenho o outro livro da autora Lola e o Garoto da Casa ao lado
    bjs
    felicidadeinventada.blogspot.com

    ResponderExcluir